MENU

Qual a formação para ser ilustrador?

Qual a formação para ser ilustrador?

A verdade é que pra ser ilustrador não precisa ter curso nenhum: o que você precisa é praticar bastante sua ilustração e treinar suas técnicas pra criar um portfólio.

Mas existem sim alguns cursos que podem te ajudar a entrar melhor no mercado de trabalho em áreas que você possa usar a ilustração a seu favor. No meu caso o curso que eu escolhi foi Design Gráfico e acredito que esse curso foi determinante pra chegar onde estou hoje.

É claro que esse não é o único caminho mas eu quero compartilhar a minha jornada pra chegar até aqui. 🙂

• Leia também: O que é ilustração pra você?

 

A minha formação para ser Ilustrador

Na verdade o primeiro curso que eu queria fazer era Artes mas acabei fazendo vestibular também pra Tecnologia da Informação (T.I.) e Design Gráfico. No final das contas optei por fazer Design Gráfico por que tinha mais a ver com o que eu gostava de criar.

O curso que eu fiz era um Tecnólogo em Design Gráfico, em Juiz de Fora/MG e ele teve duração de 2 anos (cursei entre 2008 e 2009). Por ser um tecnólogo, foi um curso mais curto e com muitas aulas práticas. Dentre elas acabei tendo também algumas aulas de Desenho de Observação.

Esse curso me ajudou por que, apesar de não ter saído da faculdade e ir trabalhar direto com ilustração, eu estava envolvido com o Design Gráfico, que pode se beneficiar muito do olhar da ilustração. Ele não é voltado para ilustração mas me ajudou a entrar no mercado de trabalho numa área que é totalmente relacionada à ilustração e às artes que é a carreira do Designer Gráfico.

Eu comecei trabalhando em algumas agências de comunicação criando campanhas publicitárias e isso, querendo ou não, exige um pouco do olhar do artista, do ilustrador.

• Leia também: Workshop de Ilustração e Aquarela no Pixel Show

formação para ser ilustrador

Na trilha da formação do ilustrador você vai se deparar com muito café, referências e work work work

Mas precisa de diploma para ser Ilustrador?

O ilustrador não precisa de diploma, não precisa de nenhuma formação específica. O que ele precisa é de praticar.

Por isso, apesar de desenhar desde pequeno, foi só quando eu decidi me dedicar mais à ilustração, a praticar mais – todos os dias –, foi aí que a ilustração se tornou o centro da minha vida.

 

Como o curso de Design Gráfico me ajudou na carreira como Ilustrador

  1. Ter aulas de Desenho de Observação – apesar de já desenhar antes da faculdade, querendo ou não aquela prática no ambiente acadêmico é de grande ajuda;
  2. Aprender a lidar com o cliente e saber vender seu projeto;
  3. Lá tive um contato muito mais próximo e profissional com programas de edição de imagem e editoração gráfica;
  4. As aulas teóricas como História da Arte e Gestalt também ajudaram bastante;
  5. Querendo ou não, ter um diploma me ajudou a entrar no mercado de trabalho e hoje conseguir trabalhar com ilustração, que é o que eu amo.

 

Mas a formação não para por aí…

 Depois do Tecnólogo em Design Gráfico fiz também uma Pós-Graduação em Marketing e Negócios e também fiz um intercâmbio para o Japão pra estudar um pouquinho, aprender mais da cultura, praticar mais o idioma e buscar por referências de ilustração e arte.
Além disso, me desafiar a desenhar todos os dias, praticar e melhorar a minha técnica também tem sido essencial!
Me conta aqui nos comentários quais são as suas dúvidas sobre a formação e a profissão do ilustrador e vamos conversar sobre isso! 🙂
COMMENTS: 4
  1. setembro 11, 2016 by Daniel Buchara Reply

    Ola, tudo bem Rodrigo? Eu queria saber como você fez o intercambio para o Japão (quero muito conhecer) e como foi a experiencia de passar um tempo por la.

    Grande abraco e sucesso sempre!

    Daniel Buchara

  2. Janeiro 17, 2017 by Hanay Ester Carmo de Souza Reply

    Olá Rodrigo, tudo bem?
    Trabalho atualmente como Assistente de Marketing , e essencialmente crio peças de newsletter e banners de site. Apesar de não ter uma formação eu consigo me manter bem com o que aprendi em cursos na web e pelo trino constante nos programas gráficos que mais uso. Bem o suficiente para fazer peças que concorram com facilidade com a de profissionais formados do ramo.
    Tenho 21 anos e decidi recentemente entrar para o mercado de ilustração no futuro.
    Como ainda não comecei nenhum curso superior decidi começar com um curso livre de desenho e posteriormente um curso livre voltado exatamente para a Ilustração.
    Acha que antes disso devo focar na graduação ou tecnológico de design gráfico? Vi meus colegas começaram assim e nenhum deles conseguiu entrar para o mercado ainda. O que acha?
    Agradeço desde já!

    Hanay Souza.

    • Janeiro 17, 2017 by rodrigofalco Reply

      Olá Hanay, tudo bem sim, e contigo? Que bacana, parabéns pelo trabalho que você faz! Parece já estar dentro do mercado de trabalho na área de design (para web, principalmente), pelo que você contou.
      Eu também me formei em design gráfico, mas sabe, não é só o diploma que conta. Nem todos que se formam conseguem um lugar no mercado de trabalho. O mais importante nessas áreas criativas é ter um bom portfólio, uma coleção de trabalhos já realizados que você possa apresentar. Você já está construindo seu portfólio em cada trabalho que cria atualmente, banner ou newsletter (lembre-se de guardar algumas dessas artes, se possível!).
      Acho uma ótima ideia investir sim em cursos livres de desenho e ilustração, mas mais do que isso, é importante criar também seu portfólio de desenhos e ilustrações! Crie bastante desenhos, crie a arte que você mais gosta de criar, e comece a selecionar os que podem representar melhor o seu trabalho.

      Ter um curso superior é importante sim, mas mais do que isso, lembre de se esforçar ao máximo pro seu portfólio falar por si mesmo!

      Espero ter ajudado 🙂

  3. agosto 24, 2017 by adilson silva Reply

    Olá Rodrigo Falco, boa noite! Bom minha formação acadêmica é em ciências biológicas, mas não me identifico muito com a área não; tanto que não estou em sala de aula! Sou mais ligado a arte! Sou ativista cultural, voluntário num museu, fui monitor de musica numa ONG, sou poeta, escritor e comecei a muitos anos atrás como desenhista – ganhando até alguns concursos de desenhos na época de escola! Fiz um curso por correspondência de desenho e também estudei desenhos com um artista plástico aqui da minha terra! Mas me sentir desmotivado e parei com o desenho durante algum tempo, voltei com um blog na net, onde divulgava meus desenhos; mas com o tempo e por achar que não levava mais jeito, por achar que perdi o traço, acabei desistindo! Recentemente me encantei com o desenho realista, antes me aventurava em vários estilos, entre os quais o surrealismo. tempos atrás fui a uma exposição de uma ilustradora botânica chamada Margaret Mee e, me encantei com o trabalho dela! Por ser biólogo, achei que essa poderia ser a minha praia, agora que estou lidando com patrimônio histórico e arquitetônico e por ser voluntario em um museu aqui em minha cidade, queria saber de você, qual a diferença e/ou qual é o melhor se: Ilustrador botânico ou Ilustrador histórico? Qual o que tem mais mercado? Dá umas dicas aí amigo. Abs

Leave a Comment!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *